Visão Geral

Idealizados pelo Dr. Estêvão Bittar, os 5 Desafios são um modelo das principais etapas que devemos superar ao longo da vida, desde o nascimento até a terceira idade. Além de descrever os desafios sucessivos que a vida nos apresenta, o modelo também indica as competências-chave que precisamos construir no decorrer dessa trajetória.

Segundo o Dr. Bittar, os desafios que enfrentamos em nossas vidas são os seguintes:

1º Desafio: Explorar o mundo (~0 aos 6 anos)

Dos 0 aos 6 anos, ainda estamos nos familiarizando com um universo físico e social totalmente novo. Ao longo desta etapa, utilizamos um processo de tentativa-e-erro para construir um modelo cada vez mais rico do mundo que nos cerca, e para adquirir habilidades que vão criar as bases para os próximos passos.

A superação do 1º Desafio requer o desenvolvimento de 9 competências-chave.

2º Desafio: Tornar-se autônomo (~7 aos 14 anos)

Dos 7 aos 14 anos, o indivíduo deve se tornar capaz de funcionar como um ser independente, demandando cada vez menos os cuidados diretos das outras pessoas. No início, a autonomia se manifesta por meio de pequenos hábitos, como manter seu quarto e seus pertences organizados. Ao final desta etapa, o adolescente deverá cuidar sozinho de sua rotina de estudos, gerenciar com desenvoltura suas relações pessoais e buscar soluções para suas dificuldades diárias sem depender tanto do apoio da família.

A superação do 2º Desafio requer o desenvolvimento de 11 competências-chave.

3º Desafio: Tornar-se uma pessoa de impacto (~15 anos em diante)

A sociedade em que vivemos é cheia de problemas a serem resolvidos e demandas a serem atendidas, e o sucesso que cada sujeito experimenta em sua vida está diretamente relacionado à sua capacidade de atender a essas demandas, oferecendo e criando soluções que afetem positivamente a vida das outras pessoas. Dos 15 anos em diante, o indivíduo deverá aprofundar seus conhecimentos técnicos e teóricos, e desenvolver competências que o transformem em uma pessoa capaz de promover transformações na sociedade onde vive.

A superação do 3º Desafio requer o desenvolvimento de 15 competências-chave.

4º Desafio: Atingir a realização pessoal (a partir do cumprimento do Desafio 3)

Quando nos tornamos pessoas de impacto, passamos a gozar de uma posição mais confortável na sociedade e no mercado de trabalho. Oportunidades profissionais cada vez mais interessantes podem ser criadas e, como consequência, passamos a experimentar uma progressiva independência financeira. Esta situação permite que o indivíduo possa fazer escolhas responsáveis e viáveis sobre o tipo de vida que pretende construir. É aí que as pessoas devem começar a decidir se querem ter filhos, constituir uma família, abrir sua própria empresa, comprar uma casa ou mudar para outro país, por exemplo. Tendo cumprido os três desafios anteriores, temos o luxo de fazer algumas escolhas e direcionar nossas vidas para a direção que julgarmos mais interessante.

Quanto antes nos tornarmos uma pessoa de impacto (3º Desafio), mais cedo poderemos buscar a realização pessoal. Para algumas pessoas isso acontece rapidamente, aos 25 ou 30 anos de idade e, para outras, mais tardiamente. Se não superarmos o 3º Desafio e nos tornarmos pessoas de impacto, dificilmente poderemos superar o 4º Desafio e nos tornarmos pessoas verdadeiramente realizadas.

A superação do 4º Desafio requer a utilização plena e direcionada das 15 competências-chave que desenvolvemos na etapa anterior.

5º Desafio: Transmitir o que aprendemos (terceira idade)

Se tivermos cumprido com sucesso os quatro desafios anteriores, ao atingir a terceira idade (dos 65 anos em diante), teremos muito a ensinar. Este é o momento em que assumimos uma responsabilidade perante as próximas gerações, abstraindo de nossas experiências as lições que aprendemos e comunicando essas lições para aqueles que estão começando a trilhar o mesmo caminho. Começamos a nossa vida aprendendo, e a terminamos ensinando.

A superação do 5º Desafio requer a capacidade de abstrair lições de nossas experiências, e de comunicar essas lições com sucesso para as gerações subsequentes.


Os 5 Desafios na Educação

Como vimos, para superar cada um dos desafios é necessário que o indivíduo desenvolva competências-chave. Em grande medida, o desenvolvimento dessas competências depende de um processo de escolarização bem sucedido. Isso coloca a educação como um dos pilares centrais para a construção de uma vida plena, atribuindo às escolas e faculdades uma enorme responsabilidade.

Baseado no modelo dos 5 Desafios, o Dr. Bittar desenvolveu a Metodologia 5D: um conjunto de princípios e técnicas que orientam o trabalho dos professores, desde a Educação Infantil até o Ensino Superior. Seguindo a Metodologia 5D os professores passam a focar sua atenção no desenvolvimento das competências-chave, auxiliando seus alunos na superação de cada uma das etapas da vida.

Para saber mais sobre a Metodologia 5D, clique aqui.